Voltar para "Todas Cervejas"
Paladar
Sabor
Aparência
Aroma
História

Celtic ESB

Pale Ale Extra Special Bitter

Irish Dry Stout

Aroma marcante que lembra um caramelo, toffee, combinados ao aroma típico dos lúpulos aromáticos ingleses adicionados nesta receita sem moderação.

Coloração acobreada típica do estilo, límpida e brilhante. Médio para alto amargor, teor alcoólico e corpo com final de boca seco, fazem desta ESB uma cerveja marcante. A baixa quantidade de gás formam um colarinho baixo e pouco persistente, como determina a Escola Inglesa.

Entendendo o estilo "Pale Ale Extra Bitter"

Aroma

Voltar ao topo

Aroma de lúpulo de moderadamente alto a moderadamente baixo e pode ser usada uma variedade de lúpulos, sendo os ingleses os mais tradicionais. Aroma de malte de médio a médio-alto, frequentemente com notas de caramelo variando de baixas a moderadamente fortes (embora este caráter seja mais sutil nas versões mais claras). Presença de ésteres frutados de médio-baixa a médio-alta. Geralmente sem diacetil, embora quantidades muito pequenas sejam aceitáveis. Pode apresentar leves notas secundárias sulforosas e/ou alcoólicas em alguns exemplares (opcional).

Aparência

Voltar ao topo

Coloração de dourada a cobre profundo. Transparência de límpida a brilhante. Colarinho quase branco de moderado a baixo. Baixa retenção de colarinho é aceitável quando a carbonatação também for baixa.

Sabor

Voltar ao topo

Amargor de médio-alto a médio, com sabores maltosos dando suporte. Normalmente apresenta um dulçor maltoso aramelado forte. Sabor de lúpulo de moderado a moderadamente alto (de qualquer variedade, porém variedades de lúpulos de caráter terroso, resinoso e/ou floral ingleses são tipicamente mais tradicionais). O amargor e o sabor do lúpulo devem ser notados, mas não devem dominar o sabor do malte por completo. Pode apresentar níveis mais baixos de características secundárias de malte, (p. ex., de nozes e biscoito,) adicionando complexidade. A presença dos ésteres frutados pode ser de moderadamente baixa a alta. Opcionalmente podem apresentar baixos níveis de álcool e um sabor mineral/sulfuroso que vai até moderado. Final de médio-seco a seco (principalmente se sulfatos são adicionados à água). Geralmente sem diacetil, mas quantidades pequenas são aceitáveis.

Paladar

Voltar ao topo

Corpo de médio-leve a médio-alto. Carbonatação de baixa a moderada, embora versões engarrafadas possam ser mais carbonatadas. Versões mais fortes podem apresentar um leve calor alcoólico, mas este caráter não deve ser muito alto.

História do estilo "Pale Ale Extra Special Bitter"

Voltar ao topo
Bandeira da Inglaterra

Strong Bitters podem ser vistas como versões de densidade mais alta das Best Bitters (embora não necessariamente "mais Premium" já que Bitters são tradicionalmente os produtos mais finos do cervejeiro). Como as cervejas são vendidas pelo teor alcoólico no Reino Unido, estas cervejas comumente apresentam um sabor alcoólico (possivelmente para deixar claro ao consumidor que está recebendo pelo que pagou). Atualmente na Inglaterra o termo "ESB" é uma denominação pertencente à Fullers; nos Estados Unidos o nome foi escolhido para designar uma ale inglesa maltosa, amarga, avermelhada, de força padrão. A lupulagem pode ser inglesa ou uma combinação de inglesa com norte-americana.

Referência

Beer Judge Certification Program (BJCP), Style Guidelines or Beer, Mead and Cider

8C - Pale Ale Extra Special Bitter

http://www.bjcp.org
Diretrizes de Estilo BJCP